Hoje falamos-lhe sobre infusões. Porém, antes disso, convém explicar o que são infusões e qual a diferença em relação aos chás. Assim, enquanto as infusões feitas a partir de camellia sinensis têm cafeína e são designadas de chás, como é o caso do chá verde, branco, vermelho, preto ou oolong, as infusões feitas a partir de outras plantas são, simplesmente, chamadas de infusões.

Tendo isto em conta, fique a conhecer alguns dos melhores tipos de infusões e saiba como pode dar-lhes mais sabor. Não se esqueça que as infusões são uma bebida saudável e agradável que contribui não só para combater o frio, como para hidratar todo o organismo.

Diferentes tipos de infusões

Cada infusão tem propriedades diferentes e, como tal, diversos benefícios para o nosso corpo. Além de serem saborosas e hidratantes, as infusões não possuem calorias e podem ser ingeridas quentes ou frias.

Assim, as infusões são ótimas substitutas de bebidas como os refrigerantes e boas opções para quem tem dificuldade em consumir a quantidade recomendada de água por dia.

1. Infusão de camomila

A infusão de camomila é especialmente indicada para quem sofre de insónias e ansiedade, pois esta planta tem um efeito calmante e sedativo. Assim, ela ajuda a tranquilizar e a aliviar o stress.

Além disso, esta infusão também combate as inflamações e ajuda a tratar problemas de estômago, indigestão e úlceras. Atenua ainda os enjoos e as cólicas menstruais. É antioxidante e cicatrizante e possui nutrientes tais como vitamina A e minerais.

chávena de chá de camomila

2. Infusão de hibisco

Esta é uma infusão muito aromática que combate a retenção de líquidos. É diurética, antioxidante e anti-inflamatória. 

Além disso, ajuda a reduzir a pressão arterial. Também é benéfica para controlar o colesterol e diminuir a taxa de glicose no sangue. 

É rica em vitaminas, cálcio, ferro, fósforo, potássio, magnésio e licopeno.

3. Infusão de hortelã

Muito fresca, esta infusão faz bem ao estômago e melhora a digestão. 

Diminui a flatulência, por desencadear efeito nos movimentos peristálticos do intestino e, além disso, tem uma ação expectorante, combatendo a tosse e a congestão nasal. É antioxidante, antibacteriana, antifúngica e anti-inflamatória.

chávena de chá de hortelã

4. Infusão de erva-cidreira

Muito nutritiva, esta infusão acalma e ajuda a combater a insónia, a ansiedade e o stress. Além disso, evita complicações no estômago e facilita a digestão. É antioxidante, alivia as cólicas menstruais e diminui a pressão arterial.

5. Infusão de alecrim

Esta infusão facilita a digestão e previne as dores abdominais. Alivia os sintomas associados à infeção urinária, assim como os vómitos e a diarreia. 

É diurética e melhora a função cognitiva e a memória. Protege o fígado e controla a diabetes.

infusão de erva-doce em chávena

6. Infusão de erva-doce

A infusão de erva-doce previne a azia, indigestão, flatulência e o desconforto abdominal. Além disso, ajuda a acalmar e a combater a insónia. É antioxidante, diurética e estabiliza a pressão arterial.

7. Infusão de erva-mate

A infusão da erva-mate é diurética e muito conhecida por ser energética e ajudar a diminuir os níveis de açúcar presentes no sangue. Além disso, esta infusão ajuda a reduzir o colesterol LDL e a elevar o HDL. Assim, previne complicações cardiovasculares. 

É antioxidante e melhora a digestão, ao mesmo tempo que aumenta a energia e a concentração, e melhora o desempenho físico.

infusões erva-mate

Dicas para tornar as infusões mais saborosas

Uma infusão deve ser feita com as partes mais frágeis das plantas, de modo a conservar os seus óleos essenciais. Para isso, deve seguir o próximo passo a passo:

  1. Coloque a água a ferver.
  2. Assim que começar a borbulhar, retire do lume.
  3. Depois, verta essa água sobre as plantas secas ou frescas.
  4. Tape e deixe repousar durante 5 a 10 minutos. 
  5. Coe e sirva.

É possível acrescentar outros passos a este modo de preparação, de forma a tornar as infusões mais saborosas. 

infusão de laranja

Se, por um lado, o açúcar ou o mel elevam o valor calórico da bebida, por outro, existem outros ingredientes menos calóricos e igualmente saborosos que pode acrescentar às suas infusões, de maneira a dar-lhes mais sabor:

  • Folhas de menta ou de outras ervas;
  • Canela ou outras especiarias a gosto;
  • Algumas gotas de limão;
  • Adoçantes (que não o açúcar).

Agora que já conhece as propriedades e benefícios de várias infusões diferentes, comece hoje a incluir na sua alimentação diária esta bebida saudável e reconfortante.

+ Fontes

  1. Diabetes 365. Os benefícios dos vários tipos de infusão. Disponível em: https://www.diabetes365.pt/prevenir/os-beneficios-dos-varios-tipos-de-infusao/#
  2. Arcanjo, Carolina da Costa. (2019). Descubra a diferença entre chá e infusão e acabe com as dúvidas. Disponível em: https://www.vidaativa.pt/diferenca-cha-infusao/
  3. Reis, Manuel. (2021). Chá, infusão ou decocção: como fazer e qual a diferença? Disponível em: https://www.tuasaude.com/como-fazer-infusao/
Unilabs Autor Unilabs

Presente em Portugal desde 2006, a Unilabs é líder nacional em Diagnóstico Clínico, com mais de 1000 Unidades de atendimento ao seu dispor. Serviços: Análises Clínicas, Cardiologia, Anatomia Patológica, Radiologia, Genética Médica, Medicina Nuclear, Gastrenterologia.