O estilo de vida contemporâneo e a crise pandémica contribuem para uma sociedade cada vez mais “stressada” e, como tal, perturbações mentais, como a perturbação depressiva ou os transtornos de ansiedade, são problemas cada vez mais frequentes. Por isso, saber como relaxar a mente é fundamental e são vários os especialistas e entidades, entre as quais a Ordem dos Psicólogos, que têm deixado dicas fundamentais a esse respeito.

“Como posso evitar sentimentos de ansiedade e de stress?” “De que maneira posso conseguir um maior equilíbrio entre o bem-estar físico e mental?” “De que forma posso relaxar a mente em casa, sem recorrer à ajuda de um profissional?” “Como reconhecer os meus limites?” Respondemos a todas as perguntas (1,2,3).

Como relaxar a mente? Algumas estratégias que podem ajudar

1. Recorrer a técnicas de autoajuda e de relaxamento

As técnicas de autoajuda pretendem contribuir para uma maior capacidade de gestão das emoções e sentimentos mais negativos, garantindo níveis mais elevados de calma e tranquilidade.

Exemplos dessas técnicas são, por exemplo, ler e escrever. A leitura e a escrita são frequentemente recomendadas como formas de distração da mente e retirada do foco dos eventos e pensamentos mais negativos. Acima de tudo, o importante é focar no “aqui e no agora” e naquilo que está ao nosso alcance mudar ou controlar.

Outro recurso muito recomendado é a meditação. Existem vários tipos de meditação, alguns dos mais conhecidos são realizados com recurso ao ioga e ao mindfulness (estar presente no momento; prestar atenção aos pensamentos, sentimentos e sensações que surgem no momento). A meditação pode ser praticada por qualquer pessoa, em qualquer lugar, e atualmente existem, inclusive, várias aplicações que dão uma boa ajuda.

As técnicas de respiração profunda são aliadas fundamentais quando o objetivo é relaxar a mente. Como conseguir relaxar e controlar os movimentos de inspiração e de expiração? Basta, por exemplo, que inspire profundamente através do nariz, enquanto coloca a mão na barriga e a sente a encher. Depois, expire lentamente pela boca, esvaziando a barriga. Repita algumas vezes.

Existem ainda outras técnicas de relaxamento, nomeadamente, o relaxamento muscular progressivo que, de forma simples, se refere ao ato de contrair e descontrair os vários músculos do corpo, de modo a experimentar sensações ora de tensão, ora de relaxamento.

jovem a meditar no chão da sala

2. Praticar exercício físico

É sabido que a prática de atividade física faz bem ao corpo e à mente. Não precisa de ser uma atividade física coletiva, nem demasiado intensa. Idealmente, deve optar por atividades físicas que sejam prazerosas para si.

Tudo é válido, desde caminhar, dançar ou cuidar do jardim. O importante é que estas atividades ajudem a relaxar a mente e despender energia. Crie uma lista com essas atividades, coloque-as num local visível e coloque-as em prática.

3. Dormir bem

O sono e o descanso são fundamentais para manter a mente relaxada, evitando a ansiedade e o stress.

Embora o padrão de sono adequado para cada pessoa possa variar, de forma geral, um adulto deve dormir cerca de oito horas por noite. Para garantir que tal acontece e que o sono é reparador, há que garantir uma boa higiene do sono.

Assim, nas horas que antecedem a ida para a cama, não é recomendável:

  • O contacto com ecrãs de aparelhos eletrónicos (como televisões, telemóveis, tablets.);
  • A ingestão de bebidas alcoólicas e cafeína;
  • A prática de atividade física muito intensa;
  • Ingestão de refeições demasiado pesadas;
  • Focar as preocupações e momentos menos bons do dia.

jovem a acordar bem disposta e sorridente

4. Alimentar-se bem

Alimentar-se bem não significa comer muito, nem muitas vezes. Significa sim obter, através da dieta, os nutrientes de que precisamos para manter o nosso corpo e a nossa mente saudáveis.

As propriedades dos alimentos contribuem para a nossa saúde mental e intelectual. Os aminoácidos, as gorduras, as vitaminas e os minerais, por exemplo, representam um papel fulcral na nossa saúde neurológica e emocional, fazendo com que nos sintamos melhor.

5. Conversar com um familiar ou amigo

A partilha de emoções, sentimentos, angústias e preocupações é uma das formas mais eficazes de combater a ansiedade e relaxar a mente. Por vezes, tudo aquilo de que precisamos é de falar acerca daquilo que nos causa angústia.

Conversar com um amigo, com um familiar, com alguém de quem se goste ou recorrer a uma linha de apoio (por exemplo, SOS Voz Amiga – 808 237 327), pode ajudar a relativizar os problemas, a encarar os problemas de outro ângulo e a encontrar soluções mais eficazes e saudáveis para os resolver.

Mulher sorridente em videochamada com familiar

6. Organizar as coisas

Geralmente, a ansiedade está relacionada com situações que não conseguimos mudar, que estão fora do nosso controlo. Por esse motivo, nesses momentos de maior stress e tensão, pode ser útil dedicar-se a atividades que lhe podem trazer uma sensação de conforto e de controlo sobre a realidade, como arrumar ou organizar uma gaveta; planear as refeições da semana, ou arquivar papéis.

7. Dedicar-se a um hobby

Os passatempos são um assunto muito sério, pois podem funcionar como um verdadeiro escape e como uma excelente maneira de se distrair e de relaxar. As atividades prazerosas são extremamente importantes para assegurar a saúde mental.

Desenhar, pintar, cozinhar, ver um filme, são apenas algumas sugestões dos muitos hobbies que pode ter para relaxar o corpo e a mente. Desde que sejam atividades positivas, de que goste e que lhe sejam prazerosas, certamente que, no final, se vai sentir mais calmo, tranquilo e feliz.

8. Pedir ajuda

Nem sempre as formas de relaxar sugeridas neste artigo são suficientes. Por vezes, a ansiedade, a tensão e a preocupação estão já fora do nosso controlo.

Nesses casos, é recomendável a consulta com um profissional da área da saúde mental, dotado de ferramentas e de conhecimentos capazes de o ajudar a lidar e a enfrentar os sentimentos e os pensamentos mais negativos e difíceis.

PROCURA A AJUDA DE UM PROFISSIONAL NA ÁREA DA SAÚDE MENTAL?
Sabia que pode marcar uma consulta online? É muito simples!

Marcar agora

+ Fontes

  1. Ordem dos Psicólogos. COVID-19. 3 passos para lidar com a ansiedade. Disponível em: https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/covid_19_ansiedade_1.pdf
  2. Ordem dos Psicólogos. Fact Sheet | Ansiedade. Disponível em: https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/factsheet_ansiedade_1_.pdf
  3. Saúde Mental. Disponível em: http://www.saudemental.pt/saude-mental/4589951719
Tags
Unilabs Autor Unilabs

Presente em Portugal desde 2006, a Unilabs é líder nacional em Diagnóstico Clínico, com mais de 1000 Unidades de atendimento ao seu dispor. Serviços: Análises Clínicas, Cardiologia, Anatomia Patológica, Radiologia, Genética Médica, Medicina Nuclear, Gastrenterologia.