Ultrapassar esta fase de pandemia pode deixá-lo desmotivado. Temos 6 sugestões para começar o dia com mais energia para aumentar a sua produtividade.

Vivemos, atualmente, uma situação de pandemia devido à COVID-19, doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), que condiciona o contacto social e muita consciência social e cuidado individual como forma de controlar o contágio.

Não sendo uma situação normal, a tentação de alterar o comportamento quotidiano e as rotinas diárias é grande, o que pode agravar possíveis sentimentos de ansiedade, tristeza e desmotivação 1.

Assim, torna-se essencial começar o dia com mais energia, para que consiga dar seguimento às tarefas diárias com ânimo e foco, sem desmotivar.

Como começar o dia com mais energia e foco?

1. Tomar um pequeno-almoço saudável e equilibrado

O pequeno-almoço fornece a energia necessária para repor os níveis de glicemia e para atenuar o catabolismo muscular que ocorreu durante a noite.

Assim, uma das melhores formas de começar o dia com mais energia e foco é tomar um bom pequeno-almoço, saudável e equilibrado, que inclua uma fonte de proteína (ex. iogurte, leite ou ovo) e uma fonte de hidratos de carbono complexos (ex. pão integral ou aveia) ou uma peça de fruta, as quais devem ser variadas ao longo dos dias. Adicionalmente, e de acordo com a tolerância, pode ainda tomar um café sem adição de açúcar.

Por outro lado, e se quiser aproveitar o tempo disponível, pode aventurar-se na cozinha e fazer umas panquecas de aveia com fruta, sumos / batidos de fruta natural ou smoothie bowls com iogurte e granola caseira sem adição de açúcar. Cozinhar logo pela manhã pode ajudá-lo a manter o foco numa primeira tarefa diária que lhe dá prazer.

É também fundamental manter as rotinas por isso, tome o pequeno-almoço próximo da hora habitual2.

Mulher a beber água

2. Beber água

Manter um bom estado de hidratação é essencial para todo o organismo. Um dos principais sintomas da desidratação é precisamente o cansaço, por isso deve começar por beber pelo menos 1 copo de água pela manhã e pelo menos 1,5l ao longo do dia 3.

3. Praticar exercício físico

Outra das estratégias para começar o dia com mais energia e foco é praticar exercício físico 4,5. Treinar pela manhã vai ajudá-lo a ter os níveis de energia mais em cima, contribuindo para uma melhor concentração e disposição ao longo do dia.

Se preferir treinar ao final do dia, comece a manhã com alguns alongamentos, que vão ajudar a melhorar a sua flexibilidade e postura, aspetos que são frequentemente desleixados no dia-a-dia habitual.

Livro de apontamentos

4. Estabelecer objetivos para o dia

Acordar com um objetivo é sempre uma fonte de foco e motivação para o dia que se inicia. No dia anterior, determine uma série de objetivos e tarefas que deve cumprir no dia seguinte. De manhã, acorde e leia atentamente tudo o que definiu. Desta forma, vai conseguir visualizar facilmente o seu dia e estabelecer prioridades.

Seja ler um livro, ver uma série, fazer um curso online ou as arrumações da casa, defina diariamente algo que precise ou gosta de fazer e que ajude a passar o tempo e sentir-se mais motivado neste período 6.

5. Manter rotinas de sono e descanso

Manter as rotinas de sono é fundamental para iniciar o dia seguinte com mais energia, concentração e foco.

É durante o sono que o nosso organismo repousa e se restabelece, sendo também essencial no sentido de minimizar o cansaço e a ansiedade que podem advir deste período de quarentena.

Neste contexto, deve dormir pelo menos 8 horas por noite, não deitar demasiado tarde e não ter períodos de sono fracionados (ex. sestas permanentes). Além disso, deve evitar os ecrãs antes de dormir, pois estes estão ligados a uma pobre qualidade de sono e aumento da sonolência e cansaço durante o dia 7.

+ Fontes

  1. Direção Geral da Saúde, 2020. https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0102020-de-16032020-pdf.aspx
  2. Tanaka M et al, 2008. “Relationships between dietary habits and the prevalence of fatigue in medical students”. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18562170
  3. Ganio MS et al, 2011. “Mild dehydration impairs cognitive performance and mood of men”. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21736786
  4. Direção Geral da Saúde, 2020. “Covid-19 e Atividade Física”. https://covid19.min-saude.pt/wp-content/uploads/2020/03/Corona-Atividade-Fi%CC%81sica.pdf
  5. Puetz TW et al, 2006. “Effects of chronic exercise on feelings of energy and fatigue: a quantitative synthesis”. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17073524
  6. Queensland Government “Looking after yourself while you’re self-quarantining”. https://www.health.qld.gov.au/news-events/news/self-quarantine-isloation-queensland-novel-coronavirus-covid-19-how-to-look-after-health-wellbeing-mind-body
  7. Carter B et al, 2016. “Association Between Portable Screen-Based Media Device Access or Use and Sleep Outcomes: A Systematic Review and Meta-analysis”. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27802500
Unilabs Autor Unilabs

Presente em Portugal desde 2006, a Unilabs é líder nacional em Diagnóstico Clínico, com mais de 1000 Unidades de atendimento ao seu dispor. Serviços: Análises Clínicas, Cardiologia, Anatomia Patológica, Radiologia, Genética Médica, Medicina Nuclear, Gastrenterologia.